Quinta-feira, 30 de Junho de 2011
O documentário 'Alboi - Um Canto de Mundo (Parte I)' já teve mais de 1.000 visitas em pouco mais de 48 horas. Divulgue-o junto dos seus amigos!
http://youtu.be/dX_sEWp1Yh0
https://www.facebook.com/Alboicortadoaomeio


publicado por amigosdavenida às 20:05 | link do post | comentar | favorito



publicado por JCM às 14:34 | link do post | comentar | favorito

Maria da Luz Nolasco, Vereadora do executivo da Câmara de Aveiro em entrevista à Rádio Terranova (29 Junho 2011)

 

'as populações abrangidas não se devem sentir derrotadas porque tudo é reversível e naquele caso basta que as pessoas se manifestem em desacordo, para o desenho de alterações ser redesenhado, para se ajustar às ambições do povo que deve lutar por aquilo em que acredita'

 

http://www.terranova.pt/index.php?idNoticia=10470

 

 

Contra o Alboi Cortado ao Meio http://contraoalboicortadoaomeio.blogs.sapo.pt/

 

 


tags:

publicado por JCM às 11:38 | link do post | comentar | favorito

a propósito do projecto da CMA para o Alboi

O Jardim Cortado ao Meio, TSF - Sinais de Fernando Alves
http://www.tsf.pt/Programas/programa.aspx?content_id=903681&audio_id=1893101



Mais informação:
http://contraoalboicortadoaomeio.blogs.sapo.pt/

tags: ,

publicado por JCM às 10:39 | link do post | comentar | favorito

715 visualizações do documentário 'Alboi - Um Canto de Mundo (Parte I)' no Youtube e 764 partilhas no Facebook em pouco mais de 24 horas!
 
Divulguem o vídeo 'Alboi - Um Canto de Mundo (Parte I)' http://youtu.be/dX_sEWp1Yh0
Mais informação:
http://contraoalboicortadoaomeio.blogs.sapo.pt/
https://www.facebook.com/Alboicortadoaomeio
Produção:
http://www.faroldavida.pt/

tags: ,

publicado por JCM às 00:26 | link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 29 de Junho de 2011
Exmos. Senhores, 
O primeiro capítulo do documentário 'Alboi - Um Canto do Mundo', produzido com os contributos dos moradores, já foi tornado público (http://www.youtube.com/watch?v=dX_sEWp1Yh0). Irão seguir-se mais dois capítulos. O próximo irá ouvir técnicos/especialistas  na área do urbanismo, planeamento e história local e o último irá ouvir os responsáveis pelo projecto (autarquia), instituições parceiras do Parque da Sustentabilidade e a entidade financiadora (Programa Mais Centro).
Relembra-se que o documentário tem como objectivo relatar, de forma mais rigorosa possível, a forma como está a ser concebido o 'projecto de requalificação do Alboi', integrado no âmbito do instrumento de política de cidades - Parceria para a Regeneração Urbana do Parque da Sustentabilidade.
Pretendemos que o documentário possa estar disponível em lingua inglesa, para ser visto por uma comunidade mais alargada (cidadãos de outros países, comunicação social internacional, organizações internacionais e instâncias comunitárias). Para vossa informação, neste momento, e em pouco mais de 24 horas, o vídeo já foi visto por mais de 600 pessoas!
Nesse sentido, e para poder chegar ao universo mais alargado, vimos por este meio solicitar apoio de alguém que possa colaborar no projecto como tradutor, devendo salientar-se que este é um projecto de natureza cívica.
Se tiverem alguma disponibilidade sugerimos o envio de email para quimpavao@gmail.com ou amigosdavenida@gmail.com.
Joaquim Pavão

Documentário 'Alboi - Um Canto do Mundo' http://www.youtube.com/watch?v=dX_sEWp1Yh0  (Parte 1)
Produção: http://www.faroldavida.pt/


publicado por JCM às 17:42 | link do post | comentar | favorito

.png



publicado por amigosdavenida às 16:36 | link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 28 de Junho de 2011
Mais informação:
http://contraoalboicortadoaomeio.blogs.sapo.pt/
https://www.facebook.com/Alboicortadoaomeio
Produção:
http://www.faroldavida.pt/

tags: ,

publicado por JCM às 14:26 | link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 27 de Junho de 2011
A Câmara Municipal de Aveiro concluíu a primeira fase do trabalho do 'Projecto de Requalificação da Avenida'
http://www.cm-aveiro.pt/www//Templates/TabbedContainer.aspx?id_class=2300&divName=145s2300. 
 
O documento produzido está disponível aqui - 'Enquadramento Urbanístico, Grandes Intervenções, Conceitos Base para o Espaço Público' 
http://www.cm-aveiro.pt/www//cache/get_bin.aspx?404;http://www.cm-aveiro.pt/www/cache/imagens/XPQ5FaAXX27999aGdb9zMjjeZKU.pdf. Os contributos devem ser feitos para o email: avenida@cm-aveiro.pt
 
Na próxima sexta-feira (1 Julho 2011, 21h nos Paços do Concelho) irá ocorrer o primeiro momento de informação pública sobre o projecto. 
 
Não falte! 

Amigosd'Avenida
http://amigosdavenida.blogs.sapo.pt/
https://www.facebook.com/AmigosdAvenida.Aveiro


publicado por JCM às 17:22 | link do post | comentar | favorito

alboi video.jpg


http://jornal.publico.pt/pages/section.aspx?id=71849&d=27-06-2011
Defesa do Alboi, um bairro típico de Aveiro, está a ser retratada em documentário
Por Maria José Santana
O compositor e realizador aveirense Joaquim Pavão filmou a luta dos moradores contra um projecto urbanístico camarário que, teme, vai alterar a identidade daquele lugar
>

'Há vários meses que os moradores do bairro do Alboi, no centro da cidade de Aveiro, vêm lutando contra o projecto urbanístico que a câmara municipal pretende implementar naquele núcleo urbano. Temem que o bairro histórico perca a sua identidade e não aceitam equacionar a possibilidade de ver o seu jardim cortado ao meio com a abertura, prevista, de uma nova estrada. O processo inspirou o aveirense Joaquim Pavão a intervir à sua maneira, realizando um documentário que pretende divulgar no país mas também junto de vários organismos europeus.
A autarquia presidida por Élio Maia tem ignorado os protestos e continua a insistir no projecto, que se insere numa intervenção urbanística mais abrangente - o chamado Parque da Sustentabilidade. A divergência e a antevisão do resultado levaram Pavão, um compositor e professor de música que tem vindo a lançar-se também como realizador, a "documentar um crime no património físico e social da cidade que irá destruir o espólio e sabedoria acumulada ao longo de várias gerações de interacção comunitária". "Se não posso alterar, posso documentar", argumentou ao PÚBLICO Joaquim Pavão.
O realizador não se conforma com a ideia da autarquia de "transmutar uma zona ímpar de características microssociais com uma história riquíssima para uma abrangência e um vazio inexplicáveis", denuncia, razão pela qual começou a ir para a rua recolher os testemunhos dos moradores. Num segundo capítulo, serão apresentados depoimentos de "técnicos e especialistas nas áreas de planeamento, urbanismo e arquitectura e sociologia", desvenda Joaquim Pavão.
Este documentário reserva ainda espaço para que a Câmara de Aveiro exponha a sua posição, mas a autarquia ainda não respondeu ao desafio do realizador. "Ainda estou confiante que poderei acrescentar a autarquia neste documento. Até agora, apenas foi concedido o silêncio, atitude demasiado comum e frequente, que espelha bem uma postura de governação local, desajustada do tempo e dos desafios contemporâneos", lamenta.
Mas uma coisa é certa: com ou sem testemunho da autarquia, o documentário irá avançar - as filmagens com os moradores já foram concluídas - e começar a ser lançado na Internet, em "pequenos capítulos", revelou o realizador. Segundo avançou ainda Joaquim Pavão, este é "um projecto financiado pelo cidadão", uma vez que está a ser custeado pelos envolvidos na sua concretização. "Estamos a pagar para deixar o nosso testemunho numa altura onde a liberdade de expressão não é acompanhada por consciência auditiva", justifica.
A ameaça de vir a ser construída uma estrada a meio do jardim do bairro é o principal motivo do descontentamento dos moradores do Alboi. Estes contestam ainda a ideia de instalar esplanadas no bairro e não se têm cansado de levar os seus protestos para as redes sociais e a comunicação social. Mas sem efeito. "É estranho que a autarquia não dialogue e procure uma alternativa quando 90 por cento dos moradores discordam frontalmente da proposta apresentada", reforça Joaquim Pavão'


publicado por amigosdavenida às 11:28 | link do post | comentar | favorito

informação site OLN (http://www.oln.pt/noticias.asp?id=23342&secc=1)
'A Câmara de Aveiro apresenta na reunião de abertura da sessão de Junho da Assembleia Municipal a metodologia, enquadramento e grandes intervenções urbanísticas e dos conceitos base para o espaço público na Avenida Dr. Lourenço Peixinho. 
A apresentação faz parte da ordem de trabalhos mas não se encontra acessível no site do município.
Esta assembleia realiza-se em S. Jacinto'.


publicado por JCM às 01:05 | link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 22 de Junho de 2011
capela_st_martires.jpg


Vai ser levada a cabo no dia 25 de Junho, sábado próximo, no Alboi, mais concretamente na zona envolvente da capela dos Stos Mártires, uma sardinhada que tem como finalidade a angariação de fundos para a Festa a realizar em outubro. A Comissão de Festas convida todos os que quiserem participar. A sardinhada será ao almoço, com início ao meio dia e terá animação.
Pela Comissão de Festas
Teresa Castro


publicado por amigosdavenida às 22:07 | link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 21 de Junho de 2011
Ideia portuguesa da World Bike Tour chega a mais duas cidades estrangeiras em 2012 (SAPO)

projecto da empresa Sportis de Aveiro!

http://noticias.sapo.pt/info/artigo/1162423.html


publicado por amigosdavenida às 17:33 | link do post | comentar | favorito

O que mudava em Aveiro?

Pedro Gonçalves Fernandes, Gestor e programador cultural

Público Cidades - domingo 19 Junho 2011



'Apostava no fomento de redes de cooperação. Aveiro dispõe de múltiplos factores de sucesso para se tornar num pólo de excelência no que à Cultura e Indústrias criativas diz respeito. Dispõe de uma sociedade empreendedora, com um relevante cluster nas TIC. Dispõe de centros de ensino e investigação com destaque para a universidade. Dispõe de equipamentos qualificados para a acção cultural. Dispõe de criadores, produtores e agentes culturais reconhecidos. Dispõe de uma malha associativa ímpar em múltiplos vectores da esfera cultural e criativa. Tem profissionais qualificados e especializados nestas áreas.

Qual é o golpe de asa que falta a Aveiro para tornar esta cidade e região numa bandeira da Cultura e Indústrias criativas?

Dirão que falta uma aposta do Governo com apoios financeiros. Embora os apoios sejam sempre benéficos, sinto que tais impulsos não repercutirão efeitos duradouros se não houver uma mudança do paradigma de acção.

Portanto, o que mudava seria a estratégia, apostando na acção em rede. É na lógica de concertação que se inscrevem as orientações para as mais diversas áreas, e a Cultura e Indústrias Criativas não são excepção.

Pelo contrário, dadas as suas características intrinsecamente híbridas, também no que diz respeito à sua consubstanciação estas actividades devem ser permanentemente alvo de cooperação, por via de diversas redes e sub-redes'.


publicado por amigosdavenida às 14:25 | link do post | comentar | favorito

A propósito de uma fotoreportagem da Visão sobre a Arte Xávega na Nazaré
http://aeiou.visao.pt/fotogaleria-a-arte-xavega=f608649
um conhecimento e prática também associado à cultura da Região de Aveiro "pronto" para ser reinventado e valorizado...
sugestão de Patrícia Romeiro


publicado por amigosdavenida às 14:17 | link do post | comentar | favorito

documento produzido pelo Parlamento Francês ('Senat') sobre o 'futuro das cidades'



«L'avenir des villes est trop peu présent dans les débats politiques. Pourtant, c'est sans doute dans les villes que se jouera une partie du destin de l'humanité, car déjà plus de la moitié de la population de notre planète - près de trois milliards d'individus - est aujourd'hui composée de citadins. Dans trente ans, c'est-à-dire demain, ils seront cinq milliards vivant dans plus d'une trentaine de mégapoles et de nappes urbaines de plus de dix millions d'habitants.

Ce sont les villes qui poseront à l'avenir les problèmes les plus sérieux à l'humanité : utilisation des ressources en eau de plus en plus rares, lutte contre les gaz à effet de serre et contre la pollution atmosphérique, remise en question de certains modes de transport du fait de la raréfaction des carburants fossiles, prise en compte des changements climatiques et de leurs conséquences en terme d'inondations ou de climatisation des lieux de vie, problèmes posés par les fractures sociales, par les catastrophes industrielles et par l'insécurité, phénomènes de ghettoïsation, etc.

Les sociétés pourront-elles faire face à ces défis grâce à de nouvelles solidarités, à de nouveaux choix financiers, à l'action des puissances publiques au niveau des villes, des Etats et au plan mondial, grâce à l'innovation, à l'initiative économique, aux réseaux intelligents, aux progrès des moyens de déplacement, à de nouvelles formes de gouvernance et de citoyenneté adaptées à la maîtrise du phénomène urbain ? Quelle sera la vie des femmes et des hommes dans les villes du futur ? Les réseaux de villes sont-ils des alternatives crédibles au gigantisme urbain ? Quels scenarii prendre en compte pour agir dès maintenant sur les facteurs qui façonneront la ville de demain ?

Quelles réponses peut-on apporter à ces questions qui interpellent le monde politique ? C'est tout le sens de ce rapport de prospective de la délégation sénatoriale à la prospective, dont le président est Joël Bourdin (UMP, Eure) et le rapporteur Jean-Pierre Sueur (Soc., Loiret)»

http://www.observatoire-de-la-ville.com/actualites/2011-06/villes-du-futur--futur-des-villes--quel-avenir-pour-les-villes-du-monde--.html

http://www.senat.fr/rap/r10-594-1/r10-594-11.pdf


publicado por amigosdavenida às 09:46 | link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 20 de Junho de 2011

 

 

http://bikebuddy.mubi.pt/

http://bikebuddy.mubi.pt/sobre/

http://bikebuddy.mubi.pt/pedir-um-bb/aveiro/



publicado por JCM às 23:56 | link do post | comentar | favorito

'Documentário sobre o Alboi engrossa protesto contra projecto' (Diário de Aveiro)

 

http://contraoalboicortadoaomeio.blogs.sapo.pt/ 

https://www.facebook.com/Alboicortadoaomeio



publicado por JCM às 08:57 | link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Sexta-feira, 17 de Junho de 2011
FESTIVAL CICLÁVEL CICLORIA
https://www.facebook.com/video/video.php?v=1898414660188
1 a 3 de JULHO 2011
Inscrições: http://www.cicloria.org.pt/


publicado por JCM às 23:01 | link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 16 de Junho de 2011
VII Encontro Nacional dos Planeadores do Território (ENPlanT 2011) - Programa Final
Univ. Aveiro, 24 de Junho 2011
http://www.applaneadores.pt/docs/Programa%20ENPlanT2011.pdf
http://www.applaneadores.pt/

Inscrições: http://www.applaneadores.pt/ENPlanT2011Programa.xml


publicado por amigosdavenida às 22:57 | link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 15 de Junho de 2011

Moradores do Alboi voltam a contestar arruamento

http://www.noticiasdeaveiro.pt/pt/22419/moradores-do-alboi-voltam-a-contestar-arruamento/ 

http://www.facebook.com/Alboicortadoaomeio

 

 



publicado por JCM às 13:56 | link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 14 de Junho de 2011
[divulgação]

Manifesto Democracia Verdadeira, Já!

(#Assembleia.Aveiro)


Quem Somos?

Somos pessoas comuns - cidadãos e cidadãs, mulheres e homens, trabalhadores e trabalhadoras, migrantes, estudantes, pessoas desempregadas, reformadas, habitantes deste mundo - com ideias plurais, mas unidas pela indignação perante a actual situação política e social sufocante que nos recusamos a aceitar como inevitável.

Não representamos nenhum partido político nem nenhuma associação. Somos um grupo auto-organizado e aberto, unido pelo desejo de mudança.

Alguns de nós são activos, outros são mais conservadores. Uns são crentes, outros não. Alguns têm ideologias bem definidas, outros consideram-se apolíticos e apartidários. Mas todos estamos preocupados e indignados com o panorama politico, económico e social que temos à nossa volta. Com a corrupção dos politicos, dos empresarios, dos gestores e dos banqueiros.

Somos pessoas anónimas. Mas sem nós nada disto existiria, porque nós movemos o mundo.



Porque fazemos isto?

Estamos aqui porque queremos uma nova sociedade que dê prioridade à vida sobre os interesses económicos e políticos. Defendemos uma mudança na sociedade e na consciência social e cívica.

Pensamos ser necessária uma Revolução Ética. Actualmente o dinheiro vale mais do que as nossas vidas, quando deveria ser, simplesmente, um meio de promover o nosso bem-estar. Somos pessoas, não produtos do mercado.

Estamos aqui também por solidariedade uns com os outros. Para discutir, em conjunto, e para apresentar propostas para os problemas quotidianos. Estamos aqui para colaborar na promoção de uma maior consciência e poder populares.



O que tem falhado?

O sistema capitalista e a inexistência de democracia verdadeira.

Nós fazemos parte da engrenagem de uma máquina destinada a enriquecer uma minoria que ignora as nossas necessidades.

O obsoleto e antinatural modelo económico vigente bloqueia o sistema social, numa espiral que se consome a si mesma, enriquecendo uns poucos e empurrando os demais para a pobreza e para a escassez. Até ao colapso.

O actual funcionamento do sistema económico e governamental não atende às prioridades sociais e tem sido um obstáculo para o progresso da humanidade.

A vontade e a finalidade do actual sistema político e económico é a acumulação de dinheiro, colocando-o acima da eficácia e do bem estar da sociedade, desperdiçando recursos, destruindo o planeta, gerando desemprego e pessoas infelizes.

A acumulação do poder em poucas pessoas gera desigualdade, crispação, destruição de valores e conduz à exploração do Homem pelo Homem.

E a Democracia ?

/povo + governo/

«Tudo se discute neste mundo (.) mas não se discute a Democracia (.). A Democracia em que vivemos é uma Democracia sequestrada, condicionada, amputada (.). O poder de cada um de nós, o poder dos cidadãos, limita-se - na esfera política - a tirar um governo de que não se gosta e a pôr outro de que, talvez, se venha a gostar (.). Mas as grande decisões são tomadas numa outra esfera. E todos sabemos qual é. As grandes organizações financeiras internacionais. O FMI, a OMC, os Bancos Mundiais, a OCDE. Nenhum desses organismos é democrático. Eles que, efectivamente, governam o mundo, não são eleitos democráticamente pelo povo. Onde está, então, a Democracia? (José Saramago).

A Democracia verdadeira não existirá enquanto o mundo for gerido, desta maneira, por uma ditadura financeira. O resgate assinado nas nossas costas com o FMI e a União Europeia sequestrou a Democracia e as nossas vidas.

A Democracia que temos representa o fim dos direitos dos cidadãos, o silêncio e a desinformação, graças aos meios de comunicação geridos e manipulados pelos interesses e pela demagogia dos seus verdadeiros donos: os banqueiros e os politicos. A política não tem de enriquecer os politicos porque é para o povo e pelo povo.

A Democracia tem de ser mais que isto. Não pode ser apenas esperar que os outros façam por nós, decidam por nós sobre todas as coisas e, principalmente, sobre o nosso futuro. A Democracia não pode ser ter apenas paciência face às acções dos políticos.

A história deu e mantém exemplos tanto do funcionamento do sistema democrático pela exploração do indivíduo, como pela supremacia do poder do povo. É este último que defendemos e buscamos.



O Que (não) queremos?

Queremos assumir o controlo das nossas vidas e intervir efectivamente em todos os processos da vida política, social e económica.

A exemplo de outros países pelo mundo fora, como a Islândia, não aceitaremos hipotecar o presente e o futuro por uma dívida que não é nossa.

Rejeitamos que nos cortem os salários, as pensões e os apoios que nos são devidos pelo nosso trabalho, enquanto os culpados desta crise são poupados e recapitalizados.

Não queremos ter de escolher (sobre)viver entre o desemprego e a precariedade. Não queremos a privatização dos nossos serviços públicos.

Queremos tomar as rédeas da nossa história, do nosso presente e decidir o nosso futuro!



O que propomos?

Propomos a Democracia feita pelo povo. Uma Democracia que ultrapasse o acto de votar e de, através desse voto, conceder, durante uma legislatura, a autoridade máxima aos políticos.

Propomos que as pessoas tomem parte dos procesos de tomada das decisões que afectem as suas vidas e os seu futuro.

Propomos que as pessoas se consciencializem dos seus direitos e dos seus deveres, que os discutam entre si de forma livre e aberta, que se organizem para reagir e actuar.

Propomos que as pessoas se juntem nas ruas e nas praças de cada bairro e cidade para que, juntos, possamos discutir e partilhar ideias para encontrar soluções e mudar de vez as regras viciadas deste jogo, de que nos querem reféns.



Isto é apenas o principio. Juntos Podemos!


publicado por amigosdavenida às 22:51 | link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

ja.jpg


Caros/as Amig@s


Devem ter conhecimento do movimento mundial Democracia Verdadeira, Já! Cujos expoentes foram as acampadas em diversas praças de cidades mundiais. O movimento ainda que iniciado em Espanha teve eco em várias cidades do mundo. Em Aveiro temos tentado fazer Assembleias regularmente, tendo contado sempre com um número limitado de pessoas. A Assembleia que reuniu mais pessoas foi a ocorrida no Mercado Negro, no dia 8 de Junho de 2011. Cerca de 30 pessoas estiveram reunidas no Auditório do Mercado Negro e juntas debateram como implementar e dar continuidade ao movimento, na nossa cidade.

Este movimento, como alguns de vós saberão, é completamente apolítico e apartidário. As eventuais filiações partidárias dos seus membros não são chamadas para as discussões e para os debates. O que se pretende é organizar as pessoas em torno das questões essenciais para a cidade, para o país, em torno daquilo que é a democracia, o seu valor e significado e ainda em torno daquilo que cada um de nós, de forma individual e/ou em grupo podemos fazer para efectivar uma democracia mais participada e participativa.


No facebook existe já uma página do grupo #Assembleia.Aveiro que conta com mais de uma centena e meia de ‘membros’: https://www.facebook.com/home.php#!/home.php?sk=group_189858777733637. O grupo tem igualmente um blog que ainda está muito no princípio: http://assembleiaaveiro.blogspot.com/


Este movimento em Aveiro não pretende sobrepor-se a outros, nem substitui-los, mas ser apenas mais um forum de discussão e de encontrar soluções para problemas concretos. Todas as pessoas e ideias são bem-vindas, naturalmente.


Na Assembleia de 8 de Junho falámos do Alboi e foi sugerido que contactássemos Os Amigos d’Avenida para fazerem também parte do movimento e participarem nas Assembleias. Dessa Assembleia saiu também o manifesto que envio em anexo.

Dia 19 de Junho às 19 horas, seguindo as manifestações previstas para várias cidades do mundo, vamos fazer nova Assembleia, na Praça Melo Freitas, em Aveiro e gostaríamos de contar convosco! Tragam cartazes e outros materiais que queiram expor/divulgar.


Contamos com Os Amigos d’Avenida para animar a malta!


Beijos e abraços


Elisabete Figueiredo


publicado por amigosdavenida às 22:51 | link do post | comentar | favorito

pais ocup.JPG


H. Tércio e a galeria ENQUADRAR convidam os seus amigos para a inauguração da Exposição:
"paisagens ocupadas"
a realizar no dia 18 do mês corrente (sábado) às 17,30h (cais dos Mercantéis nº7 (à Pr. de Peixe) em AVEIRO .


publicado por amigosdavenida às 18:31 | link do post | comentar | favorito

coworkfusion-aveiro.jpg

Inaugura amanhã em Aveiro um "novo conceito" de espaços de trabalho low-cost para freelancers, com outras funcionalidades - "Low-Cost"
Mais informação: http://www.fusioncowork.com & info@fusioncowork.com
FUSION Co-Work aveiro
Inauguração da Fusion Co-Work, amanhã dia 15 de Junho pelas 19h
Rua Cristóvão Pinho Queimado, 45 Loft 4/6, 3800-012 Aveiro, Portugal
A FUSION Co-work & Webexperts é um espaço multifuncional de trabalho colaborativo, onde disponibilizará espaços de trabalho low-cost para freelancers, unidade de apoio a esses mesmos trabalhadores e serviços associados ao funcionamento das empresas envolvidas, onde também disponibiliza solucões à medida para cada cliente, sem impossíveis ou limitações.
 
FUSION =
+ espaço em ambiente co-work
+ espaço de formação e reunião
+ comunicação,
+ iimagem, gestão de imagem, branding e re-branding
+ publicidade, soluções de marketing, webmarketing
+ desenvolvimento web e software
+ desenvolvimento de aplicações para plataformas móveis (ipad e telemóveis).
+ consultoria


publicado por amigosdavenida às 16:15 |
editado por JCM às 16:16link do post | comentar | favorito

A pedido de muitas famílias, da Junta de Salvação Nacional, da Associação de Franco-atiradores de Sarrazola, do Partido Anarquista de Frossos, e do departamento dos Assuntos Culturais do burgo, o Grupo Experimental de Teatro da Universidade de Aveiro [GrETUA] repõe a sua mais recente produção:








Or Not 2 B
exercício final do 16º Curso de Iniciação Teatral –
a partir de “Hamlet - Tragédia Cómica” de Luis Buñuel – orientado por Tiago Castro




Espaço GrETUA | 15, 16 e 17 de Junho | 21h45 | 3€ estudantes | 4€ geral
reservas:gretua@aauav.pt





Os bilhetes podem ser adquiridos a partir das 21h, no Espaço GrETUA sendo que os convites e reservas devem ser levantados até às 21h30!





Uma tragédia cómica e surrealista aparenta encaixar perfeitamente nos dias de hoje principalmente porque é maleável, ergonómica e saborosa. Hamlet vê-se rodeado de muita cor, muita luz e muita alegria ao estilo Laferiano mas não evita quer a difícil pronunciação de seu nome quer a sua multipolaridade. Numa intrépida aventura que se desenrola entre o castillo de El señor e o mar com passagens psicotrópicas por Amsterdam e o cemitério, Hamlet vai descobrindo-se entre camponeses, cadáveres, amigos, inimigos, valquírias, amores e amantes caminhando para o fatídico fado que há muito lhe soava numa esplanada perto de si.


VENHAM AO TEATRO!
3D com cheiro e não precisam de óculos.
Também temos pipocas, moelas e quiche vegetariana!
Quando acabar, acabou!

NOTEM BEM: O GrETUA É UM NÚCLEO CULTURAL DA ASSOCIAÇÃO ACADÉMICA DA UNIVERSIDADE DE AVEIRO


publicado por amigosdavenida às 12:03 | link do post | comentar | favorito

Domingo, 12 de Junho de 2011
(artigo completo na edição em papel do Diário de Aveiro)

http://www.diarioaveiro.pt/main.php?srvacr=pages_13&mode=public&template=frontoffice&layout=layout&id_page=10136

'Aveiro foi a cidade escolhida por Pedro Silva, ex-vereador da Câmara local e ex-presidente da Rota da Luz, para estrear a sua nova colecção de roteiros turísticos, a que chamou "Dream Cities - Guias Turísticos das Cidades".

O lançamento está agendado para dia 16 numa sessão com a participação de Pedro Machado, presidente do Turismo do Centro de Portugal, e de Carlos Costa, professor da Universidade de Aveiro (Hotel Moliceiro, 18 horas).
Nas 120 páginas do guia dedicado a Aveiro - intitulado "Cidade de Água" - cabem sugestões de roteiros, informações úteis, uma resenha histórica ou propostas de alojamento e restauração, entre outro material de interesse para os visitantes.
Com um formato de bolso e muitas ilustrações, o guia é uma criação da empresa PRS - Território e Turismo, que o antigo vereador aveirense criou em 2008, com sede no Porto.
O projecto resultou da "perplexidade" de não haver guias turísticos dedicados a cidades médias, apesar de muitas delas terem "grande procura".

"Era uma lacuna da edição que eu quero ajudar a preencher", explicou ao Diário de Aveiro. Na forja estão volumes dedicados a Braga e Guimarães, já este ano, a reboque dos eventos Capital Europeia da Juventude e Capital Europeia da Cultura, que se realizam naquelas cidades minhotas. Faro e outras capitais de distrito do país também deverão merecer edições específicas no futuro. E mesmo cidades espanholas, designadamente na Galiza, estão na calha para figurarem no catálogo das "Dream Cities".


publicado por amigosdavenida às 23:22 | link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 9 de Junho de 2011

'Making more with less: Low-Cost & High-Value Ideas for Cities', José Carlos Mota



publicado por JCM às 15:20 | link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 8 de Junho de 2011

Programa em http://www.cm-obidos.pt/Download.aspx?event=1&et=evt&id=805&nm=FinalConference_programme.

Evento promovido pelo Município de Óbidos no âmbito do Programa URBACT

 



publicado por JCM às 22:33 | link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 7 de Junho de 2011
Seminário 'A mobilidade sustentável e o novo paradigma da segurança rodoviária no espaço público' (8 Junho) a realizar no salão nobre do Município de Águeda
http://www.cm-agueda.pt/PageGen.aspx?WMCM_PaginaId=27652¬iciaId=54934&pastaNoticiasReqId=35276


publicado por amigosdavenida às 08:37 | link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 6 de Junho de 2011
convitemail.gif


A Direcção do Mestrado em Criação Artística Contemporânea , o Departamento de Comunicação e Arte (DeCA) da Universidade de Aveiro (UA) conjuntamente com o Museu de Aveiro e a Câmara Municipal de Aveiro) vêm por este meio convidar-vos para estarem presentes na INAUGURAÇÃO da exposição que apresenta os PROJECTOS FINAIS dos alunos de MESTRADO 2010/2011 que se irá realizar no próximo dia 09 de Junho, quinta-feira (que abre pelas 21:30h e onde será servido um porto-de-honra).


Esta é a quarta edição deste evento, iniciado em 2007. Entendendo a prática artística de um modo abrangente são explorados diferentes media: da performance à escultura/pintura, do vídeo à instalação interactiva.
A exposição dos trabalhos dos alunos, assente no desenvolvimento de projectos, produzidos no mestrado em Criação Artística Contemporânea tem por objectivo reforçar uma autonomia na concretização da obra e uma auto-consciência do acto criativo - essencial para uma praxis enquanto artista. Procura-se aprofundar conhecimentos, assentes na substância que se adivinha nos conceitos, enquadrando essa matéria e ajudando esse factor a atingir um ponto de optimização mais elevado através de uma visão e compreensão mais abrangente do domínio da prática artística (da performance, à escultura/pintura, passando pela vídeo arte e concretizando-se na interacção). Um pressuposto de transdisciplinaridade que se revela na intenção de desenvolver, aplicar e aumentar o conhecimento e reflexão para as artes visuais.
Assente no paradigma da interacção, visto como uma forma de acção que ocorre entre dois ou mais objectos que repercutem efeito uns nos outros e no espaço que habitam, encontramos uma linha da pensamento que orienta esta exposição. As combinações resultantes de várias interacções, simples ou complexas, oferecem e orientam-nos num surpreendente e emergente fenómeno onde se antevê, e afirma, a ideia de que todos os sistemas estão e são inter-relacionados (interdependentes), onde todas e quaisquer acções expõem uma consequência proporcionando toda uma nova gramática na constituição do discurso da obra de arte.
Para mais informações contactar: Paulo Bernardino (pbernard@ua.pt); Pedro Bessa (pbessa@ua.pt )
Participem nesta acção como uma tentativa de contribuir para uma universidade melhor, assim como para um departamento mais apelativo, um mestrado mais competitivo e uma cidade culturalmente mais interessante.
Exposição que estará patente no Museu de Aveiro | Santa Joana entre o dia 09 e o dia 19 de Junho (horário do Museu de Aveiro: 10.00h – 17.30h)

http://www.ua.pt/ca/PageCourse.aspx?id=100&b=1
http://www.ua.pt/ca/


publicado por amigosdavenida às 22:10 | link do post | comentar | favorito

Foto HUGO..peq.jpg


MUSEU DE AVEIRO



CONCERTO DE VIOLONCELO SOLO



HUGO PILGER









12 de Junho de 2011



16h



ENTRADA LIVRE!


publicado por amigosdavenida às 15:43 | link do post | comentar | favorito

Domingo, 5 de Junho de 2011

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=157279690980599&set=a.154618674580034.30257.153694321339136&type=1&theater>

Ofereça uma janela pelo Aboi!

Cartaz disponível aqui (http://issuu.com/amigosdavenida/docs/alboi_na_janela)

https://www.facebook.com/Alboicortadoaomeio

 

 

 



publicado por amigosdavenida às 11:28 | link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Sexta-feira, 3 de Junho de 2011
projecto de Cineclube de Avanca e Amigosd'Avenida
Podcast do programa Alvinex da Antena 3 onde o filme "Aqui/Here" e o seu Concurso Mundial de Sinopses foram discutidos à conversa com Fernando Alvim já está disponível! Podem aceder ao podcast clicando no link em baixo: (http://tv2.rtp.pt/multimediahtml/progAudio.php?prog=4452)


publicado por amigosdavenida às 19:10 | link do post | comentar | favorito

Programa-Junho2.jpg

Programa-Junho1.jpg


Não se esqueçam, dia 5 de Junho "Há vida no Parque!"


publicado por amigosdavenida às 18:29 | link do post | comentar | favorito

CARTAZ CONCERTO Aveiro 20110610 OUTLINES RGB email



publicado por amigosdavenida às 18:18 | link do post | comentar | favorito

http://www.bcn.es/diagonal/
Vejam como Barcelona organizou a reflexão sobre o futuro da Avenida Diagonal. Depois de acordado o conceito (privilegiar a mobilidade pedonal e ciclável e o transporte colectivo) e de fundamentar tecnicamente as opções (Boulevard ou Nova Rambla) os cidadãos participam na escolha. Vale a pena perceber a metodologia!


publicado por amigosdavenida às 14:59 | link do post | comentar | favorito

A CIDADE COMO UM PALCO (DIÁRIO DO NORDESTE)
"Estamos buscando estabelecer, ou restabelecer, uma característica essencial ao teatro desde seus primórdios. Sozinho, é impossível se fazer teatro. Por isso, estamos apostando nesse estímulo ao encontro, ao diálogo, à necessidade de organização"

...

"Todas as vezes que o teatro se mostrou forte ao longo dos tempos, ele o fez porque absorveu a realidade de forma mais expressiva... ele (deve) extrapolar o lugar que lhe tem sido destinado historicamente...sair da caixa cênica oficial e ganhar as ruas, as praças... Isso, sem dúvida, desperta para uma poética nova, que força o teatro a construir novas relações, tanto internas, no que diz respeito aos próprios artistas, como externas, com os públicos e o próprio meio"

...
"Estamos vivendo um despertar para um movimento de coletividade mais acentuada, apesar de a individualização ainda ser uma marca muito recorrente do teatro cearense. Aqui, a gente ainda se encontra muito pouco, mas sinto que as novas gerações vêm se empenhando em transformar isso. Sinto hoje uma predisposição muito maior ao diálogo, à formação de grupos, à mobilização política, à participação... Sinto que o teatro cearense pode, a partir de agora, romper com certas estruturas hierárquicas com que sempre conviveu".

Thiago Arrais

Projeto CumpliCidades, Theatro José de Alencar, Ceará, Brasil


publicado por amigosdavenida às 14:45 | link do post | comentar | favorito

Exposição «Avenida Dr. Lourenço Peixinho, Preâmbulo (1864-1918)»
CONTRIBUIÇÃO DO PORTO DE AVEIRO | 9 a 25 de Maio de 2011
http://www.portosdeportugal.pt/UserFiles/desdobravel-peixinho.pdf
http://arquivodoportodeaveiro.org/d/sites/lpeixinho2011/
http://www.youtube.com/watch?v=P3IsrOeM7OE&feature=player_embedded#at=14


publicado por amigosdavenida às 00:12 | link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 2 de Junho de 2011

projecto do Alboi e da nova ponte pedonal adjudicados esta noite 
http://www.noticiasdeaveiro.pt/pt/22316/aveiro-nova-ponte-pedonal-no-canal-central-adjudicada/

A democracia é assim mesmo, concede o direito e a legitimidade a quem governa de tomar as decisões que entende serem as melhores para o futuro dos cidadãos.
Convém no entanto lembrar que também os cidadãos têm o direito e a legitimidade de avaliar as consequências das decisões tomadas por quem nos governa e de agir em conformidade na melhor oportunidade.
É assim a democracia...
JCM



publicado por amigosdavenida às 22:25 |
editado por JCM às 22:31link do post | comentar | favorito

PS QUER EVITAR CONSTRUÇÃO DE PONTE SOBRE O CANAL CENTRAL DA RIA EM AVEIRO
http://www.terranova.pt/index.php?idNoticia=9988

Socialistas voltam a pedir bom senso à Câmara
http://www.noticiasdeaveiro.pt/pt/22314/aveiro-nova-ponte-no-canal-socialistas-voltam-a-pedir-bom-senso-a-camara/

Nova ponte pedonal no canal central adjudicada
http://www.noticiasdeaveiro.pt/pt/22316/aveiro-nova-ponte-pedonal-no-canal-central-adjudicada/


publicado por amigosdavenida às 22:12 | link do post | comentar | favorito

https://www.facebook.com/Alboicortadoaomeio

 

 

Subscritores da carta

José Carlos Mota, Gil Moreira, Filipa Assis, Cristina Perestrelo, Gaspar Pinto Monteiro, João Martins, Érico Albuquerque, Hernâni Monteiro, Gustavo Tavares, Carlos Naia, Sara Silva, Joana do Vale Pereira, Tiago Monge, Mário Cerqueira, Catarina Souto, Luis Galiza, João Fernandes, Maria José Valinhas, Mário Cunha,  José Simões, Gracinda Martins, José Vitória, Oscar Mota, Filomena Sousa, Manuel Sousa Pinto, José Carlos Marinho, Cristina Carapito Krausshar

 

[se desejar subscrever a carta - Plano B para o Alboi - envie-nos um email para amigosdavenida]

 



publicado por JCM às 14:00 | link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

PLANO B PARA O ALBOI

(publicado no Diário de Aveiro de hoje)

A CMA deliberou recentemente a adjudicação da 'obra do Alboi' num valor próximo dos 700 mil euros. Esta intervenção de requalificação integra-se no âmbito do Parque da Sustentabilidade (PdS), sustentado por fundos nacionais e europeus, visando ‘promover a qualificação de uma significativa mancha verde da cidade, articulando espaços de forma a ganharem escala e dimensão permitindo satisfazer as necessidades dos diversos públicos-alvo a que se destinam’.

Acontece que o ‘projecto do Alboi’, apesar dos princípios bondosos em que se sustenta, contém 'intervenções' que têm merecido uma ampla reprovação dos residentes (‘mais de 90%’, segundo inquérito recentemente noticiado pelo DA 9/05/2010), a contestação de vários grupos de cidadãos aveirenses (Plataforma Cidades, Amigosd’Avenida, mais de 2.200 cidadãos no Facebook, e vários artigos de opinião) e observações críticas de organismos independentes, com destaque para a Associação Portuguesa de Planeadores do Território que considera 'que a proposta para o Alboi é 'excessiva' por provocar uma 'ruptura' com a actual 'morfologia" do bairro'' (DA, 11/11/2010).

As críticas convergem em três aspectos fundamentais: a construção de uma rua que atravessará o actual jardim, colocando trânsito de atravessamento no meio do Bairro; previsão do número de estacionamentos; o risco de transformação do Alboi num destino de animação nocturna (‘uma nova Praça do Peixe’), potenciado pela construção da ponte pedonal do Rossio. Uma análise cuidada de algumas destas questões pode permitir concluir que existe mesmo o risco de se ferirem os princípios defendidos pelo PdS.

De todo este processo e da ampla controvérsia que tem gerado retém-se a ideia que não foi (ainda) esgotado o estudo de soluções alternativas. Por exemplo, numa das questões mencionadas - 'rua pelo meio do jardim', que aparentemente resulta do estrangulamento identificado no cruzamento entre Rua Magalhães Serrão e Rua da Liberdade (em frente à CivilCasa), julga-se que com alguma 'boa vontade' será possível encontrar uma alternativa (provavelmente bem mais barata e de fácil implementação), com enormes benefícios para o Bairro e comunidade que ali habita. Para além disso, com algum ‘esforço’ também será possível olhar para as outras questões que levantam dúvidas aos residentes e cidadãos (esplanadas, animação urbana e estacionamento) e procurar dar-lhes resposta adequada. Acontece que para que isto aconteça é fundamental que se abra um espaço de diálogo entre autarquia (executivo e serviços técnicos), instituições envolvidas na parceria e cidadãos (moradores e demais interessados) o que até agora não tem acontecido, apesar dos esforços desenvolvidos nesse sentido.

Num momento de crise económica e de racionalização do investimento é um pouco estranho assistir à aplicação de dinheiros públicos em projectos que deveriam visar a melhoria da qualidade de vida das pessoas e que ao contrário de irem ao encontro das suas necessidades (e dos objectivos que defende) geram uma elevada contestação e descontentamento. Está-se por isso num momento vital para tentar encontrar uma alternativa que responda aos verdadeiros princípios do projecto (PdS) e às relevantes necessidades e anseios das comunidades que habitam e usufruem o Alboi!

José Carlos Mota, Gil Moreira, Filipa Assis, Cristina Perestrelo, Gaspar Pinto Monteiro, João Martins, Érico Albuquerque, Hernâni Monteiro, Gustavo Tavares, Carlos Naia, Sara Silva

[se desejar subscrever esta carta envie-nos um email com os seus dados pessoais (nome e profissão) para amigosdavenida@gmail.com]


publicado por amigosdavenida às 08:41 | link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

SOBRE CIDADES, CIDADANIA, O FUTURO E AVEIRO. UM BLOGUE EDITADO POR JOSÉ CARLOS MOTA
VISITAS
GRUPO FB 'PENSAR O FUTURO - AVEIRO 2020'
2013-01-04_2204.png
ADESÃO À MAILING-LIST 'PENSAR O FUTURO DE AVEIRO'

GRUPO 'PENSAR O FUTURO DE AVEIRO'
AUTOR
E-mail Gmail
Facebook1
Facebook2
Twitter
Linkedin
Google +
QUORA
JCM Works
Slideshare1
Slideshare2
Academia.Edu
FOLLOW
G. Analytics
links
Maio 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


mais sobre mim
MAPA
Facebook
Partilhar
arquivos

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008