Segunda-feira, 14.06.10

Plataforma Cidades lança Apelo aos Parceiros no Projecto do Parque da Sustentabilidade

Texto do Apelo e Subscritores no bloguehttp://plataformacidades.blogspot.com/



publicado por amigosdavenida às 23:16 | link do post | comentar | favorito

credito



publicado por amigosdavenida às 18:30 | link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 21.05.10

[Plataforma Cidades] O Parque da Sustentabilidade e os do Alboi – mais uma rejeição, essa sim, sustentada (opinião de Pompílio Souto)



publicado por JCM às 17:36 | link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 24.03.10

Creative Cities Summit - 2010 from Scott Clark on Vimeo.

http://creativecitieslexington.com/



publicado por amigosdavenida às 09:57 | link do post | comentar | favorito

Dois colegas brasileiros, Ana Carla Fonseca e André Urani, publicaram recentemente um e-book sobre o tema "Cidades Criativas - Perspectivas".

Este livro foi produzido, desenvolvido e editado de forma voluntária, estando disponível gratuitamente no seguinte link (www.garimpodesolucoes.com.br).

Aproveito ainda a oportunidade para referir que a autora virá a Portugal, no próximo mês, para participar numa conferência a realizar na Fundação C. Gulbenkian.

JCM



publicado por amigosdavenida às 00:07 | link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 11.03.10

 

http://www.cici2010.org.br 

http://cidadesinovadoras.isat.com.br/

Vídeo

A Reinvenção do Governo a partir das cidades

'Novas formas de organização e de exercício do governo estão surgindo a partir das cidades? De que maneira as novas tecnologias de informação e comunicação estão modificando o ambiente urbano e exigindo novos padrões de relação entre governo e sociedade? Palestrantes: Clay Shirky, Jordi Borji'

 



publicado por amigosdavenida às 19:14 | link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 20.10.09

Jane Jacobs, uma mulher que amava as cidades!

Jane Jacobs gives a half hour talk at the National Building Museum after receiving the Vincent Scully Prize on November 11, 2000.



publicado por JCM às 20:41 | link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 24.07.09

 Artigo aqui!



publicado por amigosdavenida às 17:24 | link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 16.07.09

 

 

 

 

 

Novo guia urbano a partir de Setembro (Público LOCAL)
'É apresentado como Boato, mas é "muito mais que um rumor". O novo guia urbano do Porto e das cidades circundantes a menos de uma hora de distância quer ser uma ponte entre o público e os promotores de cultura e lazer da região Norte. 
Idealizada há três anos por um grupo de amigos que via uma lacuna nesta área, relativamente a outros países europeus, a nova revista pretende reunir a informação sobre os mais de 5 mil eventos que o Porto, Viana do Castelo, Guimarães, Braga e Aveiro oferecem, por mês, em cerca de 4 mil espaços diferentes. Divulgar "não só o institucional e grande, mas também o que se refere a nichos que precisam de ser catapultados" é, de acordo com Rui Pinheiro, um dos dinamizadores do projecto, o objectivo da Boato. 
Quiosques, hotéis e aeroportos vão ser os postos privilegiados de distribuição desta publicação, bilingue, que contará com duzentas páginas. O primeiro número da Boato - nas bancas em Setembro - é gratuito, e os restantes, com periodicidade mensal, vão ter um custo de capa de dois euros. 
A médio prazo, a Boato quer apostar no mercado online, com conteúdos próprios e diferentes dos da edição em papel' 



publicado por amigosdavenida às 13:23 | link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 06.07.09

Concurso 'Cidades Criativas'

Um projecto desenvolvido no ano passado pela UA e pela APPLA

http://www.slideshare.net/jcmota/concurso-cidades-criativas-1667295.

 



publicado por amigosdavenida às 12:32 | link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 16.06.09

Prós e Contras, RTP1

 


tags: ,

publicado por amigosdavenida às 00:15 | link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 15.06.09

http://ultimahora.publico.clix.pt/noticia.aspx?id=1386349&idCanal=62

Portugal tem cinco novas cidades e 22 vilas

>

Portugal tem mais de 150 cidades, que variam entre 1.000 habitantes (Tarouca) e 500.000 habitantes (Lisboa).

Os critérios que permitem a elevação a cidade são absolutamente desajustados da realidade e tão amplos que permitem que qualquer aglomerado 'por razões de ordem histórico, social ou cultural' possa merecer tal 'distinção'.

Esta classificação não é sujeita a qualquer avaliação de mérito pelo que qualquer aglomerado que ascenda a essa 'categoria' qualquer que seja o seu 'desempenho' nunca tal titulo perderá.

O título não atribui nenhuma vantagem directa às suas populações, pelo que serve, na maior parte das situações, para vender ilusões e para adornar os egos locais!  

Resulta de tudo isto que a Assembleia da República deveria promover rapidamente uma reflexão sobre o diploma que vem banalizando (e ridicularizando) tal atribuição. 

A ausência de massa crítica (população, recursos, dinâmica) na maior parte das cidades portuguesas deveria ditar uma mais atenta reflexão sobre o futuro social, económico e cultural das nossas urbes e uma menor tendência para a banalização do seu estatuto.    

JCM 

 


publicado por amigosdavenida às 13:45 | link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito

Quarta-feira, 03.06.09


publicado por amigosdavenida às 20:00 | link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 02.06.09

"Os sítios (as 'arenas') de onde vimos (ou vivemos) condicionam os sítios para onde vamos (ou podemos ir)"

João Salaviza

 



publicado por amigosdavenida às 22:10 | link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 01.06.09

"Os invisuais têm agora um acesso facilitado à Câmara de Viseu. A autarquia aproveitou a requalificação do Rossio para copiar uma ideia já vista em capitais europeias: uma via pedonal que guia estes deficientes até à porta da entrada". 



publicado por amigosdavenida às 13:24 | link do post | comentar | favorito

Sábado, 30.05.09

Notícia Público 30.05.2009

 

 

 

 

 

"O Planit Valley, uma cidade inteligente de 17 quilómetros quadrados que será construída em Paredes, será apresentado na World Investment Conference que decorre, de 3 a 5 de Junho, em La Boule, França. Este projecto, que já reúne a participação de gigantes das novas tecnologias como a Cisco Systems, a Living Planit ou a McLaren, conseguiu esta semana formalizar contratos com dois dos principais grupos económicos portugueses". 



publicado por amigosdavenida às 13:09 | link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Terça-feira, 26.05.09


publicado por amigosdavenida às 14:42 | link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 21.05.09

Informação enviada por Paulo Trincão

Marcas das Ciências

"Nas metrópoles modernas há factores de desenraizamento que resultam de não sabermos a história do chão na nossa rua, ou dos monumentos alcançados pela janela do carro quando vamos para o trabalho. Ou ainda a origem de certa toponímia e a personalidade representada na estátua de um largo. Como a tradição de um restaurante e o cheiro de uma árvore, durante um passeio dominical.

Sendo um dos produtos do PROJECTO MARCAS DAS CIÊNCIAS E DAS TÉCNICAS PELAS RUAS DE LISBOA, este sítio fornece instrumentos que propiciem bons hábitos de descoberta e momentos de bem-estar, fornecendo pistas para sentir o pulsar dos bairros históricos lisboetas, num melhor e mais perdurante aproveitamento científico e técnico, e, por isso mesmo, também cultural".



publicado por amigosdavenida às 18:00 | link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 18.05.09

(foto)

Respigos duma conferência...


O futuro não se prevê constrói-se, recordava na sexta-feira o Professor João Ferrão, Secretário de Estado do Ordenamento do Território e das Cidades, numa conferência realizada no Porto sob o tema "PLANNING IN TIMES OF UNCERTAINTY".

Num momento de particular dificuldade a nível global urge, de facto, equacionar os meios adequados para construir colectivamente respostas para os problemas das nossas cidades.

No seguimento da sugestão e decorrente da sua experiência governativa, o Professor João Ferrão recomendava que se levasse mais "inteligência colectiva" para os processos de decisão, apostando nos instrumentos que estão relacionados com a democracia deliberativa por forma a combater duas culturas perniciosas: a 'ingenuidade tecnocrática' ou o 'autoritarismo iluminista'.

A experiência de aprofundamento da democracia deliberativa nas nossas autarquias está longe de ter sido devidamente estimulada e trabalhada.

Está aqui, certamente, uma interessante questão para discutirmos brevemente!

José Carlos Mota



publicado por amigosdavenida às 01:19 | link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 13.05.09

 

http://www.liverpoolsoundcity.co.uk/

20-23 May 2009



publicado por amigosdavenida às 22:58 | link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 16.04.09

noticia

"O designer Jake Foley, da College for Creative Studies, desenvolveu uma bicicleta com inspiração nos produtos daApple.

Criada para ciclistas urbanos, a iBike tem um compartimento para colocar um iPod e para guardar um notebook, no tamanho certo de um MacBook.

No guidão, há uma réplica do botão que ajuda a escolher seu som e aumentar o volume (o chamado click wheel).

Assim, de acordo com o designer, pode evitar com que, ao trocar de musica, o usuário acidentalmente derrube o tocador ou caia da bicicleta.

Além disso, a criação de Foley tem rodas magnéticas que garantem rapidez com pouco esforço e pode ser facilmente dobrada para um tamanho compacto e ser carregada para qualquer lugar. A bicicleta ainda não está à venda". 

 



publicado por amigosdavenida às 00:14 | link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 06.04.09

La Vanguardia; Barcelona 02/04/2009


Localizando los siete pecados capitales
Geógrafos de la Universidad de Kansas trazan el mapa del vicio en Estados Unidos 

"Thomas Vought sabe dónde está el vicio. Literalmente. El geógrafo y su equipo de la Universidad de Kansas han convertido algunas cifras serias en un estudio surrealista que muestra la distribución espacial de los siete pecados capitales en Estados Unidos.
Lo presentaron la semana pasada en el encuentro anual de la Asociación de Geógrafos Americanos, que tuvo lugar en Las Vegas -capital del pecado, dice Vought-, con mapas de colores que indicaban el grado de lujuria, gula, avaricia, pereza, ira, envidia y soberbia por condados.
Todo acompañado de cifras y tablas comparativas con asociaciones rebuscadas y descabelladas. La pereza, por ejemplo, se pintó con el resultado de la comparación entre el gasto per cápita en arte y entretenimiento y la tasa de empleo. Su máxima expresión se encontraba en condados de Oregon y Montana. En cambio, la gula, calculada con el número de restaurantes de comida rápida por habitante, se concentraba en Texas.
En cuanto a la envidia, se plasmó en el mapa con el número de robos de todo tipo. Sin más. Y la ira, con el de crímenes reportados por el FBI, la mayoría en la zona de Carolina del Norte, del Sur, Georgia y Florida.  
Finalmente, la lujuria se representó con la suma del número de Enfermedades de Transmisión Sexual (Clamidia, Gonorrea, Sífilis y HIV) por habitante, y se centralizaba en la zona de Nueva York hasta Carolina del Sur y en el área de Arkansas, Mississippi y Louisiana.
Con todo, el peor de los pecados para Vought, la suma de todos los demás, es la soberbia, que tiñe de rojo o azul (que representa un grado menor) la mayor parte de los 3.000 condados de Estados Unidos estudiados.
Los investigadores de la Universidad de Kansas empezaron el estudio para divertirse, para poner una nota de color en una convención demasiado preocupada por los problemas del mundo, aseguran. Y planean continuar. "Es tan divertido", lanza Vought..."



publicado por amigosdavenida às 13:43 | link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 02.04.09

Enviado por Manuela Matos Monteiro



O Tropfest e o maior festival de curtas metragens do mundo. Começou há 17 anos em Sydney, na Austrália. teve a sua 1ª edição no ano passado em Nova York. O vencedor de 2008  foi este filme  totalmente filmado com um telemóvel em Sidney e NY por Jason van Genderen

O seu orçamento foi de 40 dólares (+/- 30 euros) !



publicado por amigosdavenida às 23:08 | link do post | comentar | favorito

 "A cadeia de hotéis Eurostars, que em Portugal tem duas unidades, lançou um serviço multi-língua de áudio-guia em oito dos seus hotéis em Barcelona, disponível a partir desde mês.

O serviço de “Walking Tours” permite aos clientes que ficarem alojados num dos oito hotéis, descobrir a capital da Catalunha, através de um aparelho MP3, diz um comunicado da Eurostars.

Os guias-rádio incluem mais de cem locais de interesse em Barcelona, como por exemplo a Sagrada Família, o museu Picasso ou o mercado Boquería.

Além do MP3, os clientes recebem uns auriculares e um mapa onde todos os locais de interesse estão marcados, dando a possibilidade do cliente escolher a rota que mais lhe convém.

O aparelho fornece as informações em cinco idiomas, designadamente inglês, alemão, francês, italiano e espanhol, e vem equipado com uma bateria que dura mais de 15 horas. Uma vez terminada a visita, os clientes apenas têm de devolver o aparelho na recepção do hotel para que a bateria seja recarregada.

Entre os hotéis com este service estão o 5-estrelas Eurostars BCN Design, no Paseo de Gracia, 3-estrelas Eurostars Ramblas Boquería ou o recentemente aberto Eurostars Lex de 4-estrelas.

Actualmente está em fase de estudo a implementação do mesmo serviço, fruto de uma parceria com o grupo Tourism Rádio, nas três unidades Eurostars em Madrid".

PressTur



publicado por amigosdavenida às 22:31 | link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 01.04.09

Walk Score helps people find walkable places to live. Walk Score calculates the walkability of an address by locating nearby stores, restaurants, schools, parks, etc. Walk Score measures how easy it is to live a car-lite lifestyle—not how pretty the area is for walking.

Mor info here



publicado por amigosdavenida às 13:29 | link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 31.03.09

Estudo do Observador Cetelem mostra apego a veículos e reacções pouco favoráveis

Ciência Hoje



publicado por amigosdavenida às 09:01 | link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 30.03.09

DIVULGAÇÃO

Academia de Produtores Culturais tem o prazer de anunciar a vinda do irreverente e insubmisso Comunicador e Gestor Cultural Toni Puig (Barcelona) para ministrar dois seminários em Lisboa, nos próximos dias  5 e 7 de Maio. 

 

O convite dirigido pela Academia de Produtores Culturais ao “guru das cidades”, prende-se com o desígnio de facultar aos responsáveis por equipamentos culturais -produtores, directores ou programadores- do sector público e privado, bem como às organizações socioculturais do terceiro sector, um conjunto de abordagens teóricas e práticas que consideramos úteis, eficazes e críticas no horizonte da produção e das práticas culturais contemporâneas.

Mais informações: http://tonipuig-em-lisboa.blogspot.com/

 


 



publicado por amigosdavenida às 23:19 | link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 16.03.09

19 MAR 2009, 17h00
BIBLIOTECA DE SERRALVES

Requalificar e procurar novos equilíbrios

 

Durante décadas o território nacional foi urbanizado e infra-estruturado, seguindo uma lógica de interesses alheia à defesa do ambiente e da qualidade de vida das populações. A ausência de uma verdadeira política de ordenamento do território (OT) conduziu ao crescimento desregrado de periferias urbanas de elevadas densidades.
À medida que as populações se apinham na orla litoral e sofrem o desgaste decorrente do congestionamento do tráfego, dos elevados níveis de poluição atmosférica e sonora e do clima de insegurança crescente, o interior do País desertifica- se em consequência da falta de actividades económicas capazes de fixar os mais novos. A desactivação de equipamentos urbanos de educação e saúde reforça a falta de atractividade destas zonas.
Perante a insustentabilidade desta situação e, sendo 2009 um ano de eleições autárquicas e legislativas, é tempo de nos interrogarmos. Que soluções temos ou precisamos para corrigir este estado? Será a criação de políticas de OT, de médio e longo prazo, incompatível com o regime democrático? Os planos de OT são verdadeiros instrumentos de planeamento ou continuam a permitir a tomada de decisão discricionária e avulsa?

Oradores Convidados:
João Joanaz de Melo
Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa

Teresa Sá Marques
Faculdade de Letras da Universidade do Porto

Carlos Cardoso Lage
Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte

Moderador

Arminda Deusdado
Biosfera – Farol de Ideias

ENTRADA GRATUITA mediante inscrição prévia para
tel: 22 61 56 587 ou e-mail:
c.almeida@serralves .pt


tags: ,

publicado por amigosdavenida às 22:34 | link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 11.03.09

in Público

"Foi considerado uma das 50 mentes mais criativas e influentes de 2009 pela revista norte-americana Creativity, tem 30 anos, é açoriano e vive no Reino Unido. Trabalha para a Nokia mas é também o criador do projecto VisualComplexity.com que actualiza, no seu computador em casa, nos tempos livres

 

 

Neste caso, quase se pode dizer que a culpa é dos mapas. Manuel Lima, de 30 anos, açoriano a viver em Londres, eleito pela revista norte-americana Creativity (http://creativity-online.com/) como uma das 50 mentes mais criativas e influentes de 2009, tem a mania dos mapas. 
A sua família tinha o hábito de fazer duas grandes viagens por ano e a imagem do seu pai (veterinário) sempre às voltas com mapas, a tentar orientar-se nas cidades, ainda hoje o faz rir. É o que ele está a fazer agora, quando, ao telefone a partir de Inglaterra (entre o seu trabalho na Nokia, onde é Senior User Experience Designer, e a sua actividade no site VisualComplexity.com, que criou), nos explica como são fascinantes os mapas por causa da capacidade que têm para transmitir informação diversa num espaço relativamente restrito.
Conta entusiasmado que está a fazer uma colecção de mapas antigos dos Açores e de mapas do metro de Londres e que no seu apartamento londrino, que partilha com a namorada, já não há quase espaço nas paredes. "É muito interessante analisar a evolução da representação visual da rede do metro de Londres e ver como variou ao longo dos tempos, ver os passos e desafios que enfrentou", explica o designer e investigador natural de Ponta Delgada.
Há algum tempo, Manuel Lima comprou o mapa do metro de Londres criado por Harry Beck em 1933. É o mapa que influenciou todos os outros mapas do mundo ao nível da representação visual dos transportes subterrâneos. Mas o mais extraordinário é que o investigador conseguiu comprar também o mapa do metro de Londres do ano anterior, 1932, e assim descobrir as diferenças entre um e outro. "Até 1932, na representação do metro de Londres, as estações eram exactas no que diz respeito à sua localização geográfica. Harry Beck, em 1933, colocou isso em causa", explica. 
Quando se está debaixo da terra, a localização geográfica das estações não interessa, porque viajamos de estação para estação. "Beck conseguiu fazer uma abstracção: as estações já não estão localizadas pela sua situação geográfica. Essa abstracção leva a uma maior organização e a maioria dos metros hoje cumpre essa regra."
Manuel Lima emoldurou os dois mapas e, ao comparar o antes e o depois, percebeu como é fenomenal esta contribuição. "O mapa de 1933 é uma peça de design intemporal. Podia ter sido feito ontem. É absolutamente actual, contemporâneo e inovador."
Esta conversa à volta dos dois mapas emoldurados só faz sentido porque explica todo o interesse que o investigador português tem pela representação de redes e também porque permite perceber o que é que o seu projecto VisualComplexity.com (http://www.visualcomplexity.com/vc/) tem de inovador. 
Embora o seu percurso seja invejável, foi por causa do VisualComplexity.com que a Creativity reparou em Manuel Lima e o colocou na lista das 50 pessoas mais criativas e influentes em 2009: aquelas que "impuseram uma marca significativa na consciência criativa da nossa indústria e cultura", fazendo-nos "pensar de um modo diferente sobre um determinado método instituído". 
Partilha a lista com o realizador David Fincher, o fundador e CEO da Amazon.com Jeff Bezos, o estratego da campanha presidencial de Barack Obama David Axelrod, os co-fundadores da Google Sergey Brin e Larry Page, o arquitecto Jean Nouvel, o realizador Andrew Staton (de Wall-E), o humorista Stephen Colbert, a fotógrafa Callie Shell, o artista plástico Zhang Huan, entre outros. E, para a Creativity, Manuel Lima "poderá tornar-se o Edward Tufte do século XXI", professor da universidade de Yale, "o Leonardo da Vinci do digital", segundo o New York Times, e um especialista em infografia. 
Ver redes complexas
O VisualComplexity.com é uma compilação de mais de 600 projectos de visualização de redes complexas. E a maioria dos projectos disponibilizados tenta tornar informação complexa mais fácil de entender e utilizar.
Ao mesmo tempo, o site reúne e categoriza todos esses projectos num espaço único, de modo a proporcionar comparações relevantes. "É, em certa medida, um mapa de mapas. Alguns projectos são peças estáticas, tais como gráficos, diagramas e visualização de redes, representados em posters, material impresso ou imagens geradas por computador. Alguns levam horas a processar e são precisos algoritmos complexos para produzi-los, outros são apenas desenhados à mão ou usando software apropriado", explica.
O site tem como objectivo "estimular um olhar crítico sobre diferentes métodos de visualização" em áreas tão diversas como a Biologia, as Redes Sociais ou a WWW. E é possível depararmo-nos com um mapa de interacção entre proteínas ou entre neurónios, mas também com uma rede de metro ou uma rede social.
Antes de existir o VisualComplexity.com todos esses projectos estavam espalhados pela Internet e por intranets privadas. Muitos eram projectos académicos que nunca chegavam a ser revelados ao público. "A principal inovação do projecto VisualComplexity.com foi congregar muitos desses projectos num único espaço", explica Manuel Lima que volta a dar como exemplo os mapas de 1932 e de 1933. "Individualmente, estes mapas são importantes, mas só quando os vemos lado a lado é que percebemos as principais diferenças e os desafios que cada designer teve que enfrentar."
Tal como o VisualComplexity, que também permite uma análise aprofundada quando se comparam mais de 600 projectos, Manuel Lima prefere apontar tendências a eleger um projecto. "A tentativa de visualizar células terroristas, em parte causada pela dificuldade em interpretar ligações explícitas no seio destas redes sociais não-hierárquicas." A visualização de redes de influência política on-line continua a ser também uma forte tendência, acrescenta, que pode vir a ajudar na explicação de mudanças políticas e resultados eleitorais. 
O cérebro humano continua a ser alvo de inúmeros estudos e tentativas de visualização que conduzam a um melhor entendimento da sua vasta rede de interligações e impulsos nervosos. E a busca de modos alternativos de interacção e visualização de artigos noticiosos permanece uma prática recorrente em muitos websites e portais, para fazer face a um crescente volume de informação. "Por último, como não poderia deixar de ser, continuam a surgir muitos projectos que tentam visualizar diferentes aspectos das redes sociais de serviços on-line recentes, como o Facebook, Flickr, delicious, Last.fm, etc.". Todos se encontram no VisualComplexity.
Site sozinho
Manuel Lima licenciou-se em Design Industrial pela Faculdade de Arquitectura da Universidade Técnica de Lisboa em 2002. Partiu depois para um estágio na empresa Kontrapunkt, em Copenhaga. A seguir, fez um mestrado em Design & Technology na Parsons School of Design, em Nova Iorque. Foi aí que começou a criar o VisualComplexity.com.
A sua tese tinha como objectivo construir um modelo de visualização que permitisse analisar a propagação dos artigos noticiosos mais populares na blogosfera: "O modo como estes se transmitem e evoluem ao longo do tempo."
Para melhor entender como a difusão de informação se comportava neste ambiente, Manuel Lima teve de investigar a estrutura da World Wide Web, assim como a estrutura física dos milhares de servidores interligados que compõem a Internet. Começou por reunir vários projectos que tentavam dar forma ou visualizar muitos destes universos "intrincados e desconhecidos", e a partir daí começou por explorar outros tipos de redes, como redes de energia, transportes, sociais, celulares.
"À medida que encontrava paralelismos interessantes entre redes tão variadas, tornava-me cada vez mais interessado na matéria." Foi então como professor assistente da disciplina de Arquitectura de Informação, do seu programa de mestrado, e como investigador no Parsons Institute for Information Mapping (PIIM) que Manuel Lima teve oportunidade de consolidar esta sua pesquisa. E foi parte dessa investigação que originou o núcleo inicial do projecto VisualComplexity.com, iniciado em Outubro de 2005, cinco meses depois da conclusão da sua tese.
Não pediu apoios no lançamento. "Todo o trabalho que o site requer - e a investigação regular a que obriga - é realizado apenas por mim. Não possuo qualquer equipa a trabalhar comigo." Durante o mestrado, Lima esteve envolvido num curso conjunto com o Siemens Corporate Research Center, trabalhou no American Museum of Moving Image e no Parsons Institute of Information Mapping, em projectos de investigação para a National Geo-Spatial Intelligence Agency. Após três anos a estudar, ensinar e trabalhar em Nova Iorque, Manuel mudou-se para Londres. A Nokia foi buscá-lo através de um caçador de talentos. 
"Cada vez mais, o telemóvel é visto como uma janela (entre muitas outras) para o mesmo tipo de serviço, na sua maioria integrado num ecossistema com base em plataformas on-line. A Nokia entende bem esta mudança e começa a delinear o seu intuito de impor-se como uma empresa fornecedora de serviços úteis ao utilizador. A minha função é planear e conceptualizar uma nova geração de serviços e software que ajudem a empresa a atingir esse objectivo." Para além desta importante transição, os telemóveis estão a tornar-se elementos de captura de diferentes dados ambientais no nosso quotidiano, criando enormes potencialidade a nível da disciplina de Visualização de Informação. "O que se revela extremamente motivante", diz. "O meu trabalho no VisualComplexity.com poderá começar a aproximar-se do trabalho desenvolvido na Nokia", onde é responsável pela nova geração de software e serviços da empresa finlandesa.
Até agora, tem conseguido conjugar a Nokia e a dedicação, em casa, ao VisualComplexity.com. A solução poderá vir a ser trabalhar quatro dias para a Nokia e tirar um dia por semana para a VisualComplexity, para a sua investigação e para responder a e-mails". 


tags: ,

publicado por amigosdavenida às 09:00 | link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 17.02.09

IMAGE CREDIT: SEAN MCCABE

"The crash of 2008 continues to reverberate loudly nationwide—destroying jobs, bankrupting businesses, and displacing homeowners. But already, it has damaged some places much more severely than others. On the other side of the crisis, America’s economic landscape will look very different than it does today. What fate will the coming years hold for New York, Charlotte, Detroit, Las Vegas? Will the suburbs be ineffably changed? Which cities and regions can come back strong? And which will never come back at all?"

by Richard Florida

(artigo pode ser lido aqui)

 



publicado por amigosdavenida às 19:00 | link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 09.02.09

Ciência Hoje, 7FEV09

Cidades europeias com transportes alternativos

Bicicletas e automóveis partilhados já circulam



publicado por amigosdavenida às 00:57 | link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 28.01.09

"The Rotherham Metropolitan Borough Council created Streetpride because of its desire to work more closely with the community. High on the list of Streetpride’s innovative and customer focussed campaigns is the Streetpride Champions Scheme.

This scheme has grown as a result of listening closely to what residents said about their own streets and localities. 

There are now more than 170 volunteers who are directly involved in the upkeep of their neighbourhood public spaces. The numbers of volunteers has steadily increased year on year.

The scheme highlights the strong link that the council has forged with its residents and links closely with the Streetpride mission statement:

To work with the community to maintain and improve the street scene to a standard which will promote civic pride and community responsibility".

Mais informações: 

Streetpride Champions

A experiência de Rotherham

...

Outros Amigosd'Avenida



publicado por amigosdavenida às 23:10 | link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 23.01.09

 

24th January, 10am- 5pm, Novas Centre
Greenland St (opposite Cains Brewery), Liverpool

A one-day event with speakers, filmshow, live music and themed conversations

SPEAKERS - Brendan Barber, Phil Redmond CBE, Frank Cottrell-Boyce
FILM SHOW – Grow Your Own, plus Q&A session with Carl Hunter
LIVE MUSIC – The Trestles, Clare Mooney and Alun Parry


CONVERSATIONS –
Whatever happened to the Protest Song?
Have they disappeared, and do they make a difference?

Work/Politics and social life
Where do people go for their politics?

Working in the Arts
How can unions help artists get ‘the rate for the job’?

Getting unions back in the script
How can unions get back in the media?

Whose capital, whose culture?
Who was Capital of Culture Year for?
Art for everyone?
Has 08 made art accessible to more people?  

 



publicado por amigosdavenida às 13:50 | link do post | comentar | favorito

Sábado, 17.01.09

 

Criatividade no espaço público (Instalação)


tags:

publicado por JCM às 01:00 | link do post | comentar | favorito

Sábado, 10.01.09

 

"Aceitei o desafio para participar na construção do programa dos Encontros AlCultur Lagos 2009, baseado na profunda convicção de que a Cultura é, nos dias de hoje, indispensável, como base de novos modelos de desenvolvimento mais humanos, mais sustentáveis e de maior potencial económico. Na realidade, a articulação de educação, cultura e cidadania, potenciam o nosso futuro e abrem novos horizontes num mundo onde teremos de competir, sendo criativos e rigorosos, mas onde os valores humanistas em que acreditamos estejam no centro.

Em Portugal assistimos hoje a um excesso de obra construída e a uma gritante falta de conteúdos. Temos sido um país com ausência de um modelo claro de desenvolvimento, estratégia, onde a cada passo se improvisa, se alteram os rumos e se desestabilizam percursos. Inverter esta situação é urgente, para que possamos aceitar os desafios de um mundo global onde a própria economia é inteligente e no qual um pequeno país como o nosso só singrará se for altamente qualificado. Temos um potencial humano extraordinário e um pequeno país de enorme diversidade ambiental, invejável posição estratégica, e uma história que nos deixou um legado extraordinário. É justamente no papel do indivíduo na sociedade que repousa o desafio, e é aqui que acredito que devemos hoje debater o futuro. Nos últimos 10 anos construíram-se e recuperaram-se em Portugal dezenas de teatros e cine-teatros. Apesar de algumas lacunas, temos já hoje uma estrutura invejável a este nível e um conjunto de equipamentos de qualidade. Importa agora pô-los a funcionar potenciando o seu valor estratégico, articulando-os com as comunidades em que se inserem e dotando-as de vibrantes projectos artísticos. O poder autárquico que, por razões diversas, profundamente se envolveu nestes equipamentos, é hoje um motor incontornável de mudança. A articulação Escola / Autarquia / Teatro / Agentes Culturais / Agentes Económicos está no centro de um fascinante processo de mudança que temos de abraçar.
Estes Encontros AlCultur em Lagos, poderão contribuir substancialmente para debater estes desafios, encontrar respostas e, idealmente, diversos consensos. Aprendendo com a experiência dos mais experientes, discutindo casos de estudo de sucesso, procurando adaptar os debates às nossas realidades práticas, estes encontros pretendem ser um fórum de partilha e crescimento. Penso que será desejável um equilíbrio entre o debate teórico e as soluções praticas: uns encontros "hands on", onde cada um busque respostas para as mais prementes perguntas que transporta. Acredito que a figura do programador, e a ideia de projecto artístico para os nossos teatros, dotando-os de uma grande pertinência na vida das nossas comunidades é um incontornável factor de desenvolvimento. Até Lagos!" 

Rui Horta
coreógrafo; director do Espaço do Tempo 

...

Programa ALCULTUR 2009 pode ser obtido aqui.

 



publicado por JCM às 00:32 | link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 05.01.09

Uma agenda centrada no combate à crise (respigos)

... 

"O mundo rural faz parte da nossa identidade colectiva. A sua preservação é fundamental" (Cavaco Silva, 1 JAN 09)

...

"Em  Portugal, em 2008, fecharam pelo menos 11.000 estabelecimentos comerciais (segundo dados da CCP)"  Expresso, 3JAN09

...

"Portugal deixa morrer património... O IGESPAR pretende aplicar  parte da verba do QREN na valorização e animação dos monumentos que passarão a contar com uma programação cultural regular e a funcionar em rede " Expresso, 3JAN09

...

"O pacote Clima-Energia e as suas seis directivas pretendem cortar as emissões em 20%  e elevar para 20% a quota-parte das energias renováveis e a eficiência energética" Expresso, 3JAN09

...

"Dados revelados pelo Inquérito ao Potencial Científico e Tecnológico Nacional 2007, relevam que o país gastou 1,18% do PIB em I&D" Expresso Economia, 3JAN09

...

Estão aqui alguns exemplos de questões fundamentais a colocar na agenda política (nacional e local) de 2009. A questão (crítica) que se coloca é como nos organizamos para responder aos diferentes desafios e problemas. E, em particular, qual o papel dos poderes locais na sua resolução.  

 



publicado por JCM às 13:03 | link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 10.12.08

"Foster Healthy CommunitiesHow a community is designed -- including the layout of its roads, buildings and parks -- has a huge impact on the health of its residents. For instance, nearly one-third of Americans live in neighborhoods without sidewalks and less than half of our country's children have a playground within walking distance of their homes. Barack Obama introduced the Healthy Places Act to help local governments assess the health impact of new policies and projects, like highways or shopping centers".

...

change.pt?



publicado por JCM às 00:15 | link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 03.12.08

"Há, em todas as grandes cidades do mundo, livrarias amplas que, no entanto, nos convidam a ficar e a regressar como a uma casa. Nessas, o espaço é vasto, mas torna-se nosso. Não afronta, não confunde, não menospreza, não desconcentra, não irrita. Aí, os livros vêm ao nosso encontro e dão-nos atenção. Por isso, lha devolvemos, levando-os para casa.

A livraria que fechou era o contrário disso. Parecia um aeroporto em que as butiques eram as estantes. Não havia solicitude, nem recolhimento, nem quietude, nem rito, nem cortesia, nem longevidade, nem sedução. Até o silêncio, quando se fazia, era insuportável como o barulho".

José Manuel dos Santos, Expresso 

...

 



publicado por JCM às 23:59 | link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 27.11.08

 


tags:

publicado por JCM às 21:13 | link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 25.11.08

Enviado pela Ana Paula Martins, uma oportuna sugestão de reflexão - como estamos a organizar a nossa cidade para estes "neo-idosos". Em breve, voltaremos ao tema! 

...

 

Público, 26/11/2008

Entrevista Alexandre Kalache

"Em 2006 havia 650 milhões de pessoas no mundo com mais de 60 anos: eram 11 por cento da população. Em 2025 serão 1200 milhões. Em 2050 serão dois mil milhões: 22 por cento da população. E a esmagadora maioria vai viver em cidades. A sociedade vai ter de se adaptar para responder às necessidades de uma população mais idosa, mas estes idosos não vão ser como os nossos avós. Mais autónomos, activos e exigentes que os idosos de ontem, eles vão ajudar a moldar o futuro"

Artigo aqui

Mais informação: Age-friendly cities



publicado por amigosdavenida às 23:00 | link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 24.11.08

 

Gary Komarin (b. 1951), Between Blue and You and Then Some, 2007 (f)


Primeira livraria só de poesia nasce no Bairro Alto

"Nasceu em Lisboa, esta segunda-feira, a primeira livraria dedicada em exclusivo à poesia. A “Poesia incompleta” propõe-se vender livros novos, raros e esgotados de centenas de poetas em mais de 20 línguas".
ler e ouvir aqui TSF



publicado por JCM às 13:36 | link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 20.11.08

É o tema de capa de um número recente da Azure

Num artigo sobre Londres, importa reter a seguinte observação (em tradução livre):

"As cidades são feitas de uma extraordinária mistura de benfeitores e sanguinários obsessivos, de operadores políticos cínicos e especuladores. São modeladas pelas consequências imprevistas do ganancioso e do egoísta, do dedicado e do ocasional visionário. As cidades que funcionam melhor são aqueles que mantêm suas opções abertas, que permitem a possibilidade de mudança."


tags:

publicado por Filipe Teles às 14:25 | link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 18.11.08

A táctica do quadrado, idealizada por D. Nuno Alvares Pereira e posta em prática na Batalha de Aljubarrota (1385), é um interessante exemplo de como um exército de muito menor capacidade pode vencer um opositor mais poderoso e com maior número de efectivos e recursos.

 

A táctica implicou várias questões críticas: o exército uniu-se em torno de um valor colectivo (“a defesa do território e da independência face a Castela”);  foi conduzido por uma forte liderança (D. Nuno Alvares Pereira) que seleccionou e preparou, tão bem quanto possível, o espaço físico onde se iria dar a batalha (um terreno com encostas de acentuado declive, o que obrigava o inimigo a afunilar o ataque; armadilhado com fossos – “covas do lobo”- mais de 1.000 feitos em menos de três horas, disfarçados com folhas) e organizou tacticamente de forma brilhante os seus parcos recursos humanos (no famoso quadrado, com uma vanguarda apeada que criava ao inimigo uma ilusória noção de vantagem – os cavaleiros castelhanos, com fortes armaduras, tornaram-se um alvo fácil quando perderam os seus cavalos nas “covas do lobo”; protegidos pelas alas e rectaguarda onde se dispunham os besteiros e arqueiros que lançavam violentos ataques com flechas e pedras;  as alas, localizadas em terrenos mais salientes, relativamente à linha da frente, cruzavam o tiro sobre a vanguarda avançada) 1 e 2.

 

Hoje em dia, as cidades (e, em particular, as portuguesas) também lutam em batalhas com armas desiguais. As nossas cidades devem, por isso, seguir o exemplo da Batalha de Aljubarrota e saber encontrar os projectos colectivos (“o porquê e para quê”) mobilizadores do povo - da comunidade ("com quem"), devendo ser muito selectivas na escolha das suas armas (“fazer o quê”), do seu campo de batalha (“onde”) e da táctica mais adequada (“como e quando”).

E a cidade de Aveiro, meus amigos? Quais devem ser, na vossa opinião, as batalhas onde se deve meter?

JCM



publicado por JCM às 08:16 | link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito


SOBRE CIDADES, CIDADANIA, O FUTURO E AVEIRO. UM BLOGUE EDITADO POR JOSÉ CARLOS MOTA
VISITAS
GRUPO FB 'PENSAR O FUTURO - AVEIRO 2020'
2013-01-04_2204.png
ADESÃO À MAILING-LIST 'PENSAR O FUTURO DE AVEIRO'

GRUPO 'PENSAR O FUTURO DE AVEIRO'
AUTOR
E-mail Gmail
Facebook1
Facebook2
Twitter
Linkedin
Google +
QUORA
JCM Works
Slideshare1
Slideshare2
Academia.Edu
FOLLOW
G. Analytics
links
Maio 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


mais sobre mim
MAPA
Facebook
Partilhar
arquivos

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008