Quarta-feira, 7 de Janeiro de 2009

contributos dos Amigosd'Avenida

 

Num habitual sábado – burguês, admito – gosto de  comprar um semanário e passear na cidade..... Parar num qualquer café onde posso ler algumas colunas de opinião do meu semanário, peregrinar pelas montras do comércio tradicional e ... parando nos parques infantis ... Aveiro, não me permite isto, a não ser que goste de ir às Glicínias ou ao Fórum; não há espaço para andar a pé num ambiente urbano, verde, cultural e comercial!

Quais os cafés do costume? Como se ligam os espaços verdes e as áreas de acesso exclusivamente pedonal? Qual a oferta de parques infantis? Isto dos parques infantis pode parecer prosaico, mas os pais sabem do que estou a falar.

A vida nocturna até é razoável, mas para uma família que vem de fora, sem parentes onde deixar os pequenos, as incursões pela noite são poucas. De qualquer forma, falta sofisticação. É uma pena, que não se organize um bom clube de Jazz, tendo a universidade de Aveiro tanta actividade nesta área; veja-se o docente “guru” do Jazz em Portugal, José Duarte.

“Viver a cidade” é fundamental para desenvolvermos o sentido de pertença, mas Aveiro não nos proporciona esse sentido. Há que desenvolver a “urbanidade”, na vida diurna do fim de semana; tudo pode começar por aí. É muito mais difícil que os marcos históricos e as referências patrimoniais sejam instrumentos de  integração cultural e social; isso vem depois.

O espaço urbano, verde, cultural, comercial e até religioso, deve ser uma teia que permita às pessoas viver a cidade como um todo e experimentar esse todo ao virar da esquina.

Joaquim Macedo de Sousa



publicado por JCM às 23:06 | link do post | favorito

De Jorge a 8 de Janeiro de 2009 às 11:45
Concordo que muito há para fazer pela cidade para que fique como todos gostaríamos. A Avenida tem imenso potencial, esperemos que venha um dia a ser bem aproveitado. O Cais da Fonte Nova também tinha, mas a pressão imobiliária está a levar a melhor.

Não sou de Aveiro, e ainda "vivo a cidade" há pouco tempo, mas gosto de me sentir integrado na comunidade, e nesse aspecto Aveiro apresenta-se razoavelmente acolhedora.

Concordo também que o espaço urbano acolhedor deveria ser um todo. Nesse aspecto, Aveiro proporciona-nos apenas um conjunto de espaços dispersos. Não é perfeito, mas já é melhor do que a maioria das cidades em que vivi ou visitei.

Gosto do canal de S. Roque, do Rossio, das Praças da Republica e Marquês de Pombal, do Cais da Fonte Nova, o Jardim D.Pedro V, e outras zonas pedonais. E isto leva-me de encontro ao que eu penso ser o pior dos inimigos da cidade. Acho que estes espaços apenas estão dispersos, porque estão rasgados por vias de circulação intensa de automóveis. Retire-se a maioria do transito, corrija-se a descontinuidade e dispersão de passadeiras, reduza-se os longos períodos de espera nos semáforos para peões, e vejamos se a cidade não se transforma aos nossos olhos.





Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



SOBRE CIDADES, CIDADANIA, O FUTURO E AVEIRO. UM BLOGUE EDITADO POR JOSÉ CARLOS MOTA
GRUPO FB 'PENSAR O FUTURO - AVEIRO 2020'
2013-01-04_2204.png
ADESÃO À MAILING-LIST 'PENSAR O FUTURO DE AVEIRO'

GRUPO 'PENSAR O FUTURO DE AVEIRO'
AUTOR
E-mail Gmail
Facebook1
Facebook2
Twitter
Linkedin
Google +
QUORA
JCM Works
Slideshare1
Slideshare2
Academia.Edu
links
Maio 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


mais sobre mim
arquivos

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008