Terça-feira, 29 de Maio de 2012

 

 

 

 

Consultando os dados recolhidos pela Joana Santos na sua Tese de Mestrado sobre 'Design de informação e intermodalidade nos transportes em Aveiro' (http://ria.ua.pt/bitstream/10773/1201/1/2010000426.pdf) é possível concluir que 'a oferta de parques pagos subterrâneos no centro de Aveiro ultrapassa os 2.500 lugares (Fórum, Marquês de Pombal, Manuel Firmino, entre outros), com uma taxa de ocupação de 27%', existindo por isso uma capacidade instalada não utilizada próxima dos 1.800 lugares.

Para além disso, a oferta de estacionamento da cidade é composta por um conjunto de zonas de estacionamento à superfície, umas pagas, outras não. No caso do estacionamento pago, e segundo o mesmo estudo, a taxa de ocupação situa-se acima dos 80%.

Do conjunto de zonas de estacionamento à superfície importa salientar que na Avenida Lourenço Peixinho estão disponíveis, segundo o estudo, cerca de 90 lugares e os dois maiores parques de estacionamento informais não pagos totalizam cerca de 750 lugares (Senhora dos Aflitos - 600 lugares; terreno próximo da Fábrica Campos - 150 lugares).

Tendo em conta esta informação, e a previsão de construção de um novo parque de estacionamento subterrâneo na Avenida (200 ou 400 lugares segundo Projeto Avenida), seria importante tentar perceber porque se justifica construir quatro novos parques de estacionamento quando os dados apresentados mostram que eles não são necessários, mesmo num contexto de manutenção da tendência de utilização do transporte individual, que não me parece ser a orientação defendida publicamente (em bem) pela autarquia (*). Ou estará a faltar-me algum dado?

JCM

 

(*)http://www.cm-aveiro.pt/www/Templates/TONewDetail.aspx?id_object=37489&indexnew=5


tags:

publicado por JCM às 13:55 | link do post | comentar | favorito

1 comentário:
De Maçarica a 13 de Junho de 2012 às 16:21
A política do estacionamento é a do "acho que"! Política na base do "sentimento"!!!
Uma pobreza sem fundamentação?!...
Onde estão os dados atualizados do número de estacionamentos existentes (públicos, privados, pagos, gratuítos)? Onde estão os números das necessidades de estacionamento por tipo de atividade instalada (presentes e futuras)?! Onde estão as quatificações de escritórios e comércios vazios na cidade (há comércio e escritórios a mais em que medida?)? O comércio aveirense é como uma manta curta que ou cobre a cabeça ou cobre os pés! Se puxarem a atratividade para a Avenida, vão agonizar outro lado da cidade, resta saber qual!


Comentar post

SOBRE CIDADES, CIDADANIA, O FUTURO E AVEIRO. UM BLOGUE EDITADO POR JOSÉ CARLOS MOTA
GRUPO FB 'PENSAR O FUTURO - AVEIRO 2020'
2013-01-04_2204.png
ADESÃO À MAILING-LIST 'PENSAR O FUTURO DE AVEIRO'

GRUPO 'PENSAR O FUTURO DE AVEIRO'
AUTOR
E-mail Gmail
Facebook1
Facebook2
Twitter
Linkedin
Google +
QUORA
JCM Works
Slideshare1
Slideshare2
Academia.Edu
links
Maio 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


mais sobre mim
arquivos

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008